“Professor de Paulo Câmara foi Danilo”, diz Miguel em sabatina

Notícias
Publicado por Américo Rodrigo
26 de setembro de 2022 às 17h15min
Foto: Max Brito

O candidato a governador Miguel Coelho (UB) afirmou nesta segunda-feira (26), durante sabatina na rádio CBN, que o candidato do PSB tenta esconder o governador Paulo Câmara da campanha eleitoral e defendeu que a população conheça cada candidatura a fundo. Miguel reforçou na entrevista que, embora Danilo Cabral tenha adotado a estratégia de evitar a presença do governador em sua campanha, o adversário socialista e Paulo Câmara representam o mesmo fracasso da gestão atual.

Danilo tem vergonha e esconde o seu governador. Danilo esconde Paulo a todo custo. Mas a gente sabe que Danilo é Paulo e Paulo é Danilo. É mais do mesmo. Paulo foi chefe de gabinete de Danilo. Então, o professor de Paulo foi Danilo. Se o aluno foi ruim, imagina o professor. Pernambuco vai virar um caos”, disse Miguel.

O candidato do União Brasil voltou a criticar a nacionalização da campanha eleitoral em Pernambuco e reiterou que pautou sua estratégia no debate sobre os problemas do estado. Miguel lembrou os indicadores que colocam Pernambuco como o estado mais violento, que possui os piores índices em saneamento, emprego e a Região Metropolitana mais pobre do país. Ele reforçou ainda que está pronto para liderar a recuperação do estado pelos próximos anos.

Sou candidato a governador para transformar Pernambuco. Quero ser o melhor governador que Pernambuco já teve. Com muita humildade, mas com muita determinação e com muita garra. Fazendo as parcerias necessárias com a iniciativa privada, organizações sociais, governo federal, organismos internacionais. Chegando junto das pessoas, governando na rua, e não no palácio. Visitando as cidades nos quatro anos do mandato e não olhando os prefeitos pelos partidos, mas pela competência e o caráter de cada um. No segundo turno, vou continuar priorizando Pernambuco”, garantiu.

Américo Rodrigo

Ouça agora AO VIVO