Recife foi a capital do NE que mais criou empregos em outubro

Notícias
Publicado por Américo Rodrigo
29 de novembro de 2022 às 15h45min
Foto: Daniel Tavares

O Recife foi a capital do Nordeste que mais criou empregos com carteira assinada no mês de outubro. Foram 3.302 vagas de saldo, resultado de 17.472 contratações e 14.170 demissões. Outro dado positivo foi a marca de ser o décimo mês consecutivo de alta no emprego formal na capital pernambucana em 2022, totalizando um estoque de 521.371 postos de trabalhos ativos. Somando o desempenho dos dez primeiros meses de 2022, já são 24.613 empregos de saldo, com crescimento de 4,95%. 

Levando em conta todas as cidades brasileiras, a capital pernambucana ocupou a 4ª colocação nacional. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira (29). Desde o início da gestão João Campos, em janeiro de 2021, já são 53.987 mil empregos criados.

A Indústria foi o setor responsável pela maior parte da alta na geração de empregos no Recife. O segmento contratou 1.818 profissionais, gerando um saldo positivo de 1.032 vínculos de trabalho e um crescimento significativo 2,78%. O setor de Serviços admitiu 9.702 trabalhadores e teve saldo de 948 empregos, registrando crescimento percentual de 0,28%. Já o Comércio contratou 3.695 pessoas e teve saldo positivo de 591 vínculos, com um aumento de 0,59%. O segmento de Agropecuária admitiu 181 trabalhadores e desligou outros 76, gerando um de 105 e variação de 5,28%.

Estratificando os números, das 17.472 novas contratações no mês de outubro, 11.158 foram homens e 6.314 de mulheres com carteira assinada. A maior parte da força de trabalho admitida: 4.945 trabalhadores – tem entre 30 a 39 anos, seguido pela faixa etária dos 18 a 24 anos: 4.601. No recorte por escolaridade, profissionais com ensino médio completo correspondem a 12.060 contratos firmados no período, ou 70% do total de admissões . Em seguida aparecem os trabalhadores com ensino superior completo: 1.717.

Saldos de empregos das capitais nordestinas (outubro de 2022):

Recife (PE): 3.302
Fortaleza (CE): 2.612
São Luís (MA): 2.015
Maceió (AL): 1.736
Salvador (BA): 1.610
Teresina (PI): 801
João Pessoa (PB): 779
Natal (RN): 550
Aracaju (SE): 35

Américo Rodrigo

Ouça agora AO VIVO