Priscila comemora recuo da Compesa na tentativa de aumentar a conta de água

Notícias
Publicado por Américo Rodrigo
20 de junho de 2022 às 13h45min
Foto: Roberto Soares

A deputada estadual Priscila Krause (Cidadania) comemorou em publicação nas suas redes sociais, na manhã desta segunda-feira (20), a decisão da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) de recuar do pedido de revisão extraordinária das tarifas de água e esgoto da Companhia em 11,68%. 

Sem alarde, uma audiência pública virtual foi convocada no âmbito da Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) no último dia três de junho para tratar do processo, fato que foi questionado publicamente pela parlamentar. Depois, Priscila protocolou na Agência manifestação para constar na audiência contendo cinco argumentos para que o aumento não fosse viabilizado.

É uma vitória de todos os pernambucanos, que não aguentam mais pagar tão caro por um serviço que não atende às expectativas mínimas. Entendemos que a nossa participação no processo, apontando as falhas do processo de revisão extraordinária, foram decisivas para esse recuo e seguiremos em cima das contas da Companhia, que pelo menos no papel apresentam bons resultados, como um lucro quarenta por cento maior em dois mil e vinte um. Agora é aguardar de que forma a Companhia vai se posicionar em relação ao reajuste anual, que não pode onerar injustamente o bolso das famílias e empresas pernambucanas”, afirmou Priscila.

No aviso publicado pela Arpe no Diário Oficial do Estado, no último sábado, informando da desistência do processo de revisão extraordinária por parte da Compesa, a Arpe informa que a Companhia se posicionou no último dia 13 através do Ofício 82/2022 solicitando a “retirada do processo de Revisão Extraordinária para que este assunto seja retomado no processo de Revisão Tarifária Ordinária previsto para 2023, tornando assim, sem efeito o objeto da Audiência Pública”. Na solicitação inicial, a Compesa argumentou que os aumentos dos preços da energia elétrica e dos produtos químicos estavam impactando em R$ 185,7 milhões as contas da Companhia.

Em 2021, a Compesa reajustou as contas de águas duas vezes (2,40% em janeiro e 11,90% em julho), ensejando a apresentação de um projeto de lei pela deputada Priscila Krause, ainda em tramitação na Assembleia Legislativa de Pernambuco, para que se tornasse proibido, no âmbito da Arpe, a homologação de dois reajustes ordinários de tarifas sob sua supervisão no mesmo exercício.

Américo Rodrigo

Ouça agora AO VIVO