Senado aprova proposta que garante benefícios fiscais para biocombustíveis

Notícias
Publicado por Américo Rodrigo
14 de junho de 2022 às 15h50min
Foto: Edilson Rodrigues

Diante das articulações para a redução das alíquotas do ICMS e dos tributos federais sobre os combustíveis, o Senado aprovou nesta terça-feira (14), por unanimidade, a proposta de emenda constitucional do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) que garante benefícios fiscais para os biocombustíveis e mantém a competitividade em relação à gasolina e ao diesel.

De acordo com a PEC 15/2022, as alíquotas cobradas sobre os combustíveis renováveis devem ser menores do que as que incidem sobre os fósseis pelo período de 20 anos. A regra vale para Cofins, PIS/Pasep e ICMS.

“A PEC é um comando constitucional para manter a atratividade dos combustíveis renováveis vis-à-vis a dos combustíveis fósseis. Ela não inova, ela não inventa; ela mantém as regras de competição tributária que hoje existem entre o etanol e a gasolina”, explicou o senador. 

Fernando Bezerra lembrou que, hoje, há uma diferenciação tributária entre a gasolina e o etanol. “Se a gente tem um imposto de 10% na gasolina, para o etanol terá de ser no máximo de 7%. Portanto, tem de ter uma diferenciação tributária que dê essa atratividade ao etanol, que é um combustível renovável, que gera muito emprego e é uma indústria importante para o nosso país”, afirmou.

Américo Rodrigo

Ouça agora AO VIVO