Moraes atende pedido e PL terá que pagar multa sozinho

Notícias
Publicado por Karol Matos
25 de novembro de 2022 às 18h00min
Foto: Carlos Moura

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Alexandre de Moraes, decidiu que o PL vai ter que pagar sozinho a multa de R$ 22,9 milhões pela ação que questionou o resultado de urnas antigas no segundo turno das eleições. 

A condenação divulgada na quarta-feira (23), dizia que o valor seria aplicado à coligação formada ainda por PP e Republicanos. Ontem (24), os dois partidos enviaram um documento ao TSE afirmando que reconheciam o resultado das urnas e não tinham ligação com o movimento do presidente do PL, Valdemar Costa Neto. 

Determino a exclusão de ambos os partidos políticos da presente ação, bem como o imediato cancelamento do bloqueio e da suspensão dos respectivos fundos partidários do Progressistas e do Republicanos, mantendo-se a condenação por litigância em má-fé única e integralmente em relação ao Partido Liberal”, diz a decisão de Moraes.

Com a decisão, as contas de PP e Republicanos foram liberadas. Já o PL só obterá o desbloqueio após quitar a dívida na Justiça.

Karol Matos

Ouça agora AO VIVO