Assentamento do MST em Caruaru é alvo de vandalismo

Notícias
Publicado por Karol Matos
14 de novembro de 2022 às 07h20min
Foto: Divulgação

O Centro de Formação Paulo Freire, localizado no assentamento Normandia, em Caruaru, foi invadido e alvo de vandalismo, no último sábado (12). O espaço pertence ao Movimento Sem Terra.

De acordo com a denúncia do MST, foram vistas quatro pessoas com camisas amarelas, que se aproveitaram do barulho de uma festa que estava ocorrendo no Parque de Vaquejada Milanny, localizado em frente ao assentamento, para entrarem no espaço sem serem percebidas.

De acordo com o MST, às três horas da manhã, os homens invadiram o espaço do Centro de Formação e picharam vários lugares com o símbolo da suástica e a palavra “mito”, que é como apoiadores chamam o presidente Jair Bolsonaro.

Foto: Divulgação

Além disso, os vândalos arrombaram e incendiaram a casa de moradia da coordenadora do centro. Com o fogo, a militância que mantém o assentamento foi alertada e conseguiu apagar o incêndio sem que houvesse feridos. A casa, entretanto, foi parcialmente queimada, principalmente as camas, telhados e os pertences.

A Polícia Civil foi acionada e o caso está sendo investigado.

Karol Matos

Ouça agora AO VIVO