Jurídico de Raquel defende atuação da PF nas eleições

Notícias
Publicado por Américo Rodrigo
30 de setembro de 2022 às 09h55min
Foto: Marcelo Camargo

A coordenação jurídica da Coligação Pernambuco Quer Mudar (Federação PSDB-Cidadania e PRTB) denunciou à Polícia Federal e à Procuradoria Regional Eleitoral uma suposta determinação da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) para que, em caso de crimes eleitorais neste domingo de Eleição (2), apenas ocorrências envolvendo candidatos, por determinação superior, sejam remetidas à Polícia Federal.

Segundo o advogado Yuri Coriolano, “a determinação da Secretaria de Defesa Social contrasta com a Constituição Federal, com o Código Eleitoral e Resoluções do TSE a respeito da atribuição suplementar da Polícia Judiciária Estadual”, explica.

A Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe) também se manifestou sobre o episódio, orientando que seus associados encaminhem todos os casos de crimes eleitorais à PF e não somente aqueles que envolvam candidatos.

Américo Rodrigo

Ouça agora AO VIVO