Pleno do TJPE elege novo desembargador pelo critério de antiguidade 

Notícias
Publicado por Américo Rodrigo
26 de setembro de 2022 às 13h20min
Foto: Divulgação/TJPE

O juiz Luiz Gustavo Mendonça de Araújo foi eleito por aclamação, pelo critério de antiguidade, como novo desembargador para compor a Corte do Judiciário estadual pernambucano, formada por 52 desembargadores. O magistrado irá ocupar a vaga deixada pelo magistrado Jones Figueirêdo Alves em função da sua aposentadoria no dia 20 de agosto, após 46 anos de exercício no TJPE.

A sessão telepresencial, transmitida pelo canal do YouTube oficial da Ascom do TJPE, foi presidida pelo presidente do TJPE, desembargador Luiz Carlos Figueirêdo Alves. A posse formal do novo desembargador está programada para esta terça-feira (27), no Salão Nobre, no 2º andar do Palácio da Justiça.

Após a eleição do novo desembargador do TJPE, o Pleno votou, também por aclamação, a recondução ao cargo para compor o Órgão Especial dos desembargadores Erik Simões e Mauro Alencar em função do término dos seus respectivos biênios no colegiado. Houve, ainda, a eleição por aclamação do desembargador Eduardo Guilliod Maranhão para compor o Órgão Especial em razão do término do segundo biênio do desembargador Fábio Eugênio Dantas no colegiado. 

O Órgão Especial é formado por 20 desembargadores, sendo quatro deles os componentes da Mesa Diretora, quais sejam: Presidente, 1º e 2º Vice-Presidentes e Corregedor Geral da Justiça; oito membros natos, que são os Desembargadores de maior antiguidade; e oito membros eleitos pelo Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça.

Na reunião do Pleno, também foi apreciada a proposta orçamentária do Judiciário estadual para 2023, que foi aprovada por unanimidade.

Américo Rodrigo

Ouça agora AO VIVO