Cenário Político: Danilo deve liderar chapa 100% de esquerda

Cenário Político
Publicado por Américo Rodrigo
25 de maio de 2022 às 00h00min
Foto: Marcus Mendes

Coluna da quarta

Assim como aconteceu em 2018, quando a Frente Popular disputou a eleição com uma chapa majoritária formada por PSB, PCdoB e PT, a configuração dos partidos têm tudo para ser repetida esse ano, trazendo Danilo Cabral, Luciana Santos e Teresa Leitão, mantendo o alinhamento nacional com o projeto liderado pelo ex-presidente Lula.

A possível composição pode ser vista como uma estratégia para não se associar ao bolsonarismo, ou uma limitação na construção com as demais siglas que integram o arco de aliança. A fórmula do PSB vem dando certo desde 2006 e caso a polarização nacional influencie em Pernambuco, a frente liderada por Danilo será beneficiada.

O discurso ideológico pode ser um importante aliado, considerando que as pesquisas apontam Danilo como favorito quando seu nome é associado ao de Lula. Entretanto, as pautas defendidas pelos partidos de esquerda podem ser uma armadilha, devido ao avanço conservadorismo que foi determinante para o resultado eleitoral no Recife, em 2020.

Defesa
A ex-ministra Damares Alves saiu em defesa da deputada Clarissa Tércio (PP), no caso de uma suposta intolerância religiosa que ocorreu numa escola particular do Recife. Damares não só se uniu à parlamentar nesse caso, como também classificou a professora como esquizofrênica.

Concorrência
A vaga para a 1ª vice-presidência da Câmara Federal, que cabe ao PL, tem o deputado Lincoln Portela (PL-MG) como candidato oficial da sigla. Outros deputados da legenda vão concorrer de forma avulsa. São eles: Capitão Augusto (PL-SP), Fernando Rodolfo (PL-PE), Bosco Costa (PL-SE) e Flávia Arruda (PL-DF).

Formação
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, por unanimidade, nesta terça-feira (24) o pedido de registro da federação Brasil da Esperança, formada por PT, PCdoB e PV. A primeira presidente será a deputada federal Gleisi Hoffmann (PT). Já os vices serão José Luiz Penna, que preside o PV, e Luciana Santos, presidente do PCdoB.

Escolhido
O deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos) vai integrar a comissão especial que será responsável por analisar, na Câmara dos Deputados, as mudanças no sistema tributário nacional. Depois de ato da Mesa para instalação do colegiado, o pernambucano foi indicado pelo seu partido para participar da comissão.

Adiada
Prevista para ser votada nesta terça-feira (24), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, a proposta que permite que universidades públicas cobrem mensalidades de alunos (PEC 206/19) foi retirada de pauta por causa da ausência do relator, deputado Kim Kataguiri (UB). Uma audiência pública sobre o tema será realizada.

Américo Rodrigo

Ouça agora AO VIVO