São João de Caruaru vai censurar manifestações políticas

Notícias
Publicado por Karol Matos
20 de maio de 2022 às 06h30min
Foto: Rafael Lima

O São João de Caruaru vai censurar as manifestações políticas de artistas que se apresentarem neste ano. O conteúdo está presente no edital publicado no fim do mês de março, para que artistas pudessem se inscrever para participar da festa. O conteúdo está exposto no item 9.3, que diz que “não serão contratadas atrações artísticas e culturais que expressem conteúdo discriminatório e/ou político de qualquer natureza”. O descumprimento pode resultar na suspensão do cachê.

Uma matéria publicada pela Folha de S. Paulo repercutiu uma entrevista do Marco Zero Conteúdo, com o presidente da Fundação de Cultura de Caruaru, Rubens Junior, que afirmou ser uma precaução.

“O que a gente está contratando não é a posição política do artista. Se ele faz isso num teatro, as pessoas pagam para assistir ao show dele. Eu mesmo vou e bato palma quando é a meu favor e vaio quando é contra a minha posição política. Mas é um show privado. Um show com recursos públicos. A gente tem que ter essas precauções”, disse Rubens.

O presidente ainda pontuou que a festa é financiada pela Prefeitura, o Governo do Estado e Governo Federal e que a manifestação política individual iria se contrapor às três posições políticas diferentes entre os entes federativos.

“Eu tenho copatrocínio do governo federal, do governo estadual e a prefeitura banca a maior parte da festa. São três posições políticas diferentes. Como é que eu resolvo isso? Resolvo dizendo assim: ‘olha, não se fala em política, porque o show não é para manifestação individual. O show é para manifestação individual artística’”, finalizou.

A medida é semelhante à determinação judicial que aconteceu este ano, no Lollapalooza, depois que a cantora Pabllo Vittar se apresentou com uma bandeira do ex-presidente Lula. O evento particular foi notificado após uma ação movida pelo PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, o que provocou que diversos artistas protestassem contra o chefe do Planalto e a favor do petista.

Em entrevista à Rádio Cultura do Nordeste, na semana passada, o prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro (PSDB), falou que houve uma confirmação verbal de que Bolsonaro vai visitar o São João da cidade, em 23 de junho, principal dia da festa. Na mesma noite, se apresenta no palco principal a banda Brucelose, que pertence ao ex-ministro do Turismo e pré-candidato ao Senado, Gilson Machado (PL).

Karol Matos

Ouça agora AO VIVO