Kalil contraria STF e mantém proibição de cultos e missas

Notícias
Publicado por Américo Rodrigo
4 de abril de 2021 às 10h00min
Foto: Rodrigo Clemente

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), disse que cultos e missas continuam proibidos na capital mineira. A declaração foi feita neste sábado (03), em publicação em seu perfil no Twitter.

A decisão de Kalil contraria o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Nunes Marques. Minutos antes da declaração do prefeito, o ministro autorizou, a realização de cultos e missas em todo o país.

De acordo com a prefeitura, os últimos indicadores epidemiológicos da capital mineira permanecem em estabilidade, com tendência de queda no índice de contaminação e de ocupação de leitos hospitalares dedicados ao tratamento da Covid-19. Neste sábado, o Ministério da Saúde contabiliza 3.737 mortes e 146.352 casos da doença na cidade.

Américo Rodrigo

Ouça agora AO VIVO